Massoreta

Acesso em: 25/03/07 10:40
Disponível em:
FRANCISCO, Edson de Faria. Manual da bíblia hebraica: introdução ao
texto massorético. 1. ed. São Paulo: Vida Nova, 2003, p. 245
:::::::::::::::::::::::::
::::::: MASSORETA :::::::
:::::::::::::::::::::::::
 
1. heb. BAAL HAMASSORA
1.1. ou MeSSORAN,
1.2. ambos os nomes
1.3. significam
1.4. "massoreta".
 
2. Escribas judeus
2.1. do período medieval
2.2. (do século VII ao X)
2.3. que desenvolveram
2.4. um sistema rígido
2.5. de controle
2.6. do texto bíblico hebraico
2.7. e, assim,
2.8. procuravam preservar
2.9. toda letra
2.10. de toda palavra
2.11. da Bíblia Hebraica
2.12. e prevenir
2.13. os futuros escribas
2.14. de cometerem erros de cópias
2.15. nos manuscritos hebraicos.
 
3. Além de preservarem
3.1. e transmitirem
3.2. o texto consonantal hebraico
3.3. como um todo,
3.4. desenvolveram
3.4.1. a vocalização,
3.4.2. a acentuação
3.4.3. e as notas da Massorá
3.5. e as adicionaram
3.6. à estrutura consonantal
3.7. das Escrituras hebraicas.
 
4. Havia
4.1. três ramos de massoretas:
4.1.1. o babilônico,
4.1.2. o palestino
4.1.3. e o tiberiense.
 
5. Os massoretas mais importantes
5.1. foram os das famílias
5.2. Ben Asher
5.3. e Ben Naftali,
5.4. ambas de Tiberíades,
5.5. e ativas no século X.
Anúncios
Esse post foi publicado em Hebraico. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s