Jean Piaget

Acesso em: 16:22 2/9/2005
Disponível em:
http://penta.ufrgs.br/~marcia/estagio2.htm#esm
 
:::::::::::::::::::
::: Jean Piaget :::
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::
::: Julio Alberto Nitzke ::::::::::::
::: Márcia de Borba Campos ::::::::::
::: Maria de Fátima do Prado Lima :::
::::::::::::::::::::::::::::::::::::: 
 
1. A partir de reflexos
1.1. neurológicos básicos,
1.2. o bebê começa
1.3. a construir esquemas
1.4. de ação
1.5. para assimilar
1.6. mentalmente
1.7. o meio.
 
2. A inteligência
2.1. é prática.
 
3. As noções
3.1. de espaço
3.2. e tempo
3.3. são construídas
3.4. pela ação.
 
4. O contato
4.1. com o meio
4.2. é direto
4.3. e imediato,
4.4. sem representação
4.5. ou pensamento.
 
5. Exemplos:
 
6. O bebê pega
6.1. o que está
6.2. em sua mão;
6.3. "mama"
6.4. o que é posto
6.5. em sua boca;
6.6. "vê"
6.7. o que está
6.8. diante de si.
 
7. Aprimorando
7.1. esses esquemas,
7.2. é capaz
7.3. de ver
7.4. um objeto,
7.5. pegá-lo
7.6. e levá-lo
7.7. a boca.
 
8. Também chamado
8.1. de estágio
8.2. da Inteligência
8.3. Simbólica.
 
9. Caracteriza-se,
9.1. principalmente,
9.2. pela interiorização
9.3. de esquemas
9.4. de ação
9.5. construídos
9.6. no estágio
9.7. anterior
9.8. (sensório-motor).
 
10. A criança
10.1. deste estágio:
 
11. É egocêntrica,
11.1. centrada
11.2. em si mesma,
11.3. e não consegue
11.4. se colocar,
11.5. abstratamente,
11.6. no lugar
11.7. do outro.
 
12. Não aceita
12.1. a idéia
12.2. do acaso
12.3. e tudo
12.4. deve ter
12.5. uma explicação
12.6. (é fase
12.7. dos "por quês").
 
13. Já pode
13.1. agir
13.2. por simulação,
13.3. "como se".
 
14. Possui
14.1. percepção global
14.2. sem discriminar
14.3. detalhes.
 
15. Deixa
15.1. se levar
15.2. pela aparência
15.3. sem relacionar
15.4. fatos.
 
16. Exemplos:
 
17. Mostram-se
17.1. para a criança,
17.2. duas bolinhas
17.3. de massa iguais
17.4. e dá-se
17.5. a uma delas
17.6. a forma
17.7. de salsicha.
 
18. A criança
18.1. nega
18.2. que a quantidade
18.3. de massa
18.4. continue
18.5. igual,
18.6. pois
18.7. as formas
18.8. são diferentes.
 
19. Não relaciona
19.1. as situações.
 
20. A criança
20.1. desenvolve
20.2. noções
20.3. de tempo,
20.4. espaço,
20.5. velocidade,
20.6. ordem,
20.7. casualidade,
20.8. …,
20.9. já sendo
20.10. capaz
20.11. de relacionar
20.12. diferentes aspectos
20.13. e abstrair dados
20.14. da realidade.
 
21. Não se limita
21.1. a uma representação
21.2. imediata,
21.3. mas ainda
21.4. depende
21.5. do mundo concreto
21.6. para chegar
21.7. à abstração.
 
22. Desenvolve
22.1. a capacidade
22.2. de representar
22.3. uma ação
22.4. no sentido inverso
22.5. de uma anterior,
22.6. anulando
22.7. a transformação
22.8. observada
22.9. (reversibilidade).
 
23. Exemplos:
 
24. Despeja-se
24.1. a água
24.2. de dois copos
24.3. em outros,
24.4. de formatos
24.5. diferentes,
24.6. para que
24.7. a criança diga
24.8. se as quantidades
24.9. continuam
24.10. iguais.
 
25. A resposta
25.1. é afirmativa
25.2. uma vez que
25.3. a criança
25.4. já diferencia
25.5. aspectos
25.6. e é capaz
25.7. de "refazer"
25.8. a ação.
 
26. A representação
26.1. agora
26.2. permite
26.3. a abstração
26.4. total.
 
27. A criança
27.1. não se limita mais
27.2. a representação imediata
27.3. nem somente
27.4. às relações
27.5. previamente
27.6. existentes,
27.7. mas é capaz
27.8. de pensar
27.9. em todas
27.10. as relações
27.11. possíveis
27.12. logicamente buscando
27.13. soluções
27.14. a partir
27.15. de hipóteses
27.16. e não apenas
27.17. pela observação
27.18. da realidade.
 
28. Em outras palavras,
28.1. as estruturas
28.2. cognitivas
28.3. da criança
28.4. alcançam
28.5. seu nível
28.6. mais elevado
28.7. de desenvolvimento
28.8. e tornam-se
28.9. aptas
28.10. a aplicar
28.11. o raciocínio lógico
28.12. a todoas
28.13. as classes
28.14. de problemas.
 
29. Exemplos:
 
30. Se lhe pedem
30.1. para analisar
30.2. um provérbio
30.3. como
30.4. "de grão em grão,
30.5. a galinha enche o papo",
30.6. a criança trabalha
30.7. com a lógica da idéia
30.8. (metáfora)
30.9. e não
30.10. com a imagem
30.11. de uma galinha
30.12. comendo grãos.
 
31. Observação:
 
32. A maioria
32.1. dos exemplos
32.2. foram retirados
32.3. da reportagem
32.4. "Jean Piaget",
32.5. escrita
32.6. pela jornalista
32.7. Josiane Lopes,
32.8. da revista Nova Escola,
32.9. ano XI, nº 95,
32.10. de agosto de 1996.
 
33. Julio Alberto Nitzke
33.1. Márcia de Borba Campos
33.2. Maria de Fátima do Prado Lima 
Esse post foi publicado em Enciclopédia. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s