FENÔMENO

RAMPAZZO, Lino. Metodologia científica: para alunos dos cursos de graduação e pós-graduação. 3.ed. São Paulo: Loyola, 2005.
::::::::::::::::
::: FENÔMENO :::
::::::::::::::::
1. Para alguns,
1.1. o termo "fenômeno"
1.2. indica apenas
1.3. um sinônimo
1.4. para "fato".
 
2. Entretanto,
2.1. pode-se estabelecer
2.2. uma distinção,
2.3. dizendo-se que
2.4. "fenômeno"
2.5. é o fato
2.6. tal como percebido
2.7. por alguém.
 
3. Os fatos
3.1. acontecem
3.2. na realidade,
3.3. independentemente
3.4. de haver ou não
3.5. que os conheça.
 
4. Mas quando existe
4.1. um observador,
4.2. a percepção
4.3. que ele tem
4.4. do fato
4.5. é que se chama
4.6. fenômeno.
 
5. Pessoas diversas
5.1. podem observar,
5.2. no mesmo fato,
5.3. fenômenos diferentes.
 
6. Assim,
6.1. por exemplo,
6.2. um jovem viciado em drogas
6.3. pode ser visto
6.4. por um médico
6.4.1. como um FENÔMENO FISIOLÓGICO,
6.5. por um psicólogo
6.5.1. como FENÔMENO PSICOLÓGICO,
6.6. por um jurista
6.6.1. como FENÔMENO JURÍDICO
6.7. etc.
(RAMPAZZO, 2005, p. 53).
Esse post foi publicado em Enciclopédia. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s